Reorganização Patrimonial deve ser criada sob medida para cada família.

Para que seja eficaz é necessário compreender as necessidades, preocupações, expectativas e riscos, próprios de cada família e de cada negócio.

O foco deve estar no planejamento sucessório, na inteligência tributária e na otimização administrativa, sempre dentro dos limites legais.

A solução pode contemplar a utilização de instrumental societário (constituição de holdings familiares e patrimoniais, cisões, incorporações), instrumental sucessório (testamentos, memorandos de entendimentos familiares, protocolos de intenção, instrumentos particulares), instrumental de Direito de Família (interdições, pactos antenupciais, escrituras de existência de união estável, contratos de namoro), além de outras ferramentas jurídicas e do mercado financeiro.

Quer saber mais?

Consulte a Equipe da Une Consultoria.

Equipe de redação da Une Consultoria.

Quer receber conteúdo da Une Consultoria - Sucessão | Governança ?

Cadastre seu contato aqui!

Mais sobre o nosso blog

Comentários...

Deixe seu comentário